Ultrassom focalizado de alta intensidade

Diretor Responsável

Marcelo L. Bendhack, referência em Uro-Oncologia

Principais aspectos de sua formação profissional Com relação à sua formação médica básica:
Graduação:
Curso de medicina – UFPR 1987-92
Pós-Graduação:
1 - Treinamento em serviço (residência em Cirurgia Geral e Urologia) no Hospital Nossa Sra. das Graças, Curitiba (1993-94).
2 - Treinamento em serviço (residência em Urologia) na Universidade de Düsseldorf, Alemanha (1994-98).
3 - Tese de Doutorado também em Düsseldorf, Alemanha, concluída em 2001.
4 - Teses de Mestrado e Doutorado na Universidade Federal do Paraná (1999 e 2001).

Após seu treinamento na Europa e retorno ao Brasil, desempenhou múltiplas funções em Universidades, atividades de Pós-graduação e atividades junto ao Governo do Paraná. Dentre estas, se destacam:
1 - Professor da Pós-graduação das Universidades Católica do Paraná e Positivo
2 - Cursos de instrução e pós-graduação em diversos congressos nacionais
3 - Coordenador do Programa de Residência Médica em Urologia, Hospital Nossa Senhora das Graças (2004-2007)
4 - Vice-representante da saúde do homem junto ao Governo do Paraná (2009-10)
5 - Coordenador do Programa de Residência Médica em Urologia, Hospital da Cruz Vermelha, Filial do PR (desde 2009).
Títulos e Distinções Durante sua trajetória recebeu alguns títulos e distinções (até mesmo funções), dos quais se destacam:
1 - Medalha Marcelino Champagnat, ainda na graduação, no Colégio Marista Santa Maria (todas as médias acima ou igual a 9,0).
2 - Prêmio Mário Braga de Abreu na Universidade Federal do Paraná, Curso de Medicina, 1992.
3 - Presidente da Comissão de Métodos Diagnósticos (SBU nacional), 2004-5.
4 - Membro Correspondente da Sociedade Alemã de Urologia (desde 2007, único no Brasil).
5 - Membro honorário da Federação Argentina de Urologia (FAU, 2009).
6 - Membro do conselho na Federação Mundial de Uro-Oncologia (WUOF, 2009).
7 - Membro do conselho da Câmara de Comércio Brasil-Alemanha, PR (de 2010 a 2013).
8 - Membro honorário da Sociedade Paraguaia de Urologia (2012).
9 - Membro do Comitê Organizador do encontro “6th Annual WUOF Conference”, Federação Mundial de Uro-Oncologia, em Fukuoka, no Japão (2012).
Congressos Nacionais e Internacionais Marcelo Bendhack apresentou palestras em múltiplos congressos nacionais e internacionais. Citamos algumas cidades onde já palestrou:
1 - no Paraná: Curitiba, Foz do Iguaçu, Maringá.
2 - na região Sul: Joaçaba, Joinville, Caçador, Florianópolis, Gramado, Porto Alegre.
3 - no Brasil: São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Salvador, Fortaleza, Recife, Ribeirão Preto.
4 - na América do Sul: Córdoba (AR), Mendoza (AR), Buenos Aires (AR), Montevideo (UR), Santiago (CH), Lima (PE), Assunção (PA).
5 - na América Central: México DF (MX), Monterrey (2x, MX), Puerto Vallarta (MX), Acapulco (MX).
6 - no mundo: Dusseldorf, Dresden e Berlin (AL), Viena e Graz (AU), San Antonio (USA), Shanghai (CH).

Consideramos oportuno destacar as de maior importância internacional:

1 - Coordenador da sessão de pôsteres comentados "Tratamento do câncer da próstata localizado", no Congresso anual da Sociedade Alemã de Urologia (DGU) - Dresden, 2009.
2 - Palestra "Treatment of advanced kidney cancer", Buenos Aires, Argentina, 2008.
3 - Palestra "Facilitating Large-scale clinical trials in Latin America", Shanghai, China, 2009.
4 - "Treatment of high risk prostate cancer", Mendoza, Argentina, 2009.
5 - "Treatment of local advanced prostate cancer", Mexico DF, 2009.
6 - "Surgical treatment of kidney cancer", Viena, Austria, 2011
7 - "New concepts for prostate cancer treatment" and "Recommendations to reduce positive margins during radical prostatectomy", Puerto Vallarta, Mexico, 2011.
8 - Moderador da sessão 5, WUOF (Federação Mundial de Uro-Oncologia): "Kidney cancer", Berlin, Alemanha, 16. Outubro de 2011.
9 - Palestra no Congresso Austríaco e Sul-Alemão, no mês de junho de 2013, em Graz, na Áustria: “Terapia focal para o câncer da próstata”.
Fundou as seguintes estruturas:
1 - Clínica de Uro-Oncologia do Brasil Ltda., 1998.
2 - Uroklinik, no Hospital Nossa Senhora das Graças, 2006.
3 - Associação Latinoamericana de Uro-Oncologia, 2004, reconhecida pela WUOF (mundial) em 2007 – www.uro-onco.org
4 - Registrou como patente a logomarca do câncer da próstata, utilizado em muitos países, sobretudo na América Latina.
5 - Residência médica em Urologia – Hospital Universitário Cruz Vermelha do Paraná (Universidade Positivo) – 2009.
6 - Associação Brasileira de Uro-Oncologia, 2011.
7 - Distribuidor do “Journal of Urological Oncology” (JUO) para a América Latina, 2011.
Comentários Dr. Marcelo tem formação reconhecida internacionalmente. Ele realiza diagnóstico precoce (screening), biópsia da próstata dirigida por ultrassonografia desde 1994, ultrassonografia do aparelho geniturinário, tratamentos altamente especializados na área de uro-oncologia, isto é, de tumores malignos (câncer) dos seguintes órgãos e regiões: adrenal (suprarenal), rim, retroperitônio, ureter, bexiga, próstata, uretra, testículos e pênis.
Algumas cirurgias de destaque, no seu currículo: prostatectomia radical, HIFU para o câncer da próstata (ver abaixo), ressecção transuretral da próstata, biópsia da próstata guiada por ultrassonografia, ressecção transuretral de tumor da bexiga, cistectomia radical com neobexiga ortotópica, nefrectomia parcial e radical (tumores de rim), linfadenectomia retroperitoneal.
Em 2011 foi o pioneiro, no Brasil, do tratamento de câncer da próstata localizado e recidivado com a tecnologia HIFU (Ultrassonografia focalizada de alta intensidade). Para informações sobre HIFU, veja mais abaixo.
Um dos principais objetivos de vida é apresentar o melhor de sua profissão aos seus pacientes. O outro é dividir e receber a melhor experiência mundial a este respeito, com seus colegas. Sobre HIFU O primeiro contato com HIFU foi em 1996, em Düsseldorf, Alemanha, ainda durante sua pós-graduação na Universidade alemã, onde foram tratadas próstatas com esta tecnologia.
Em 1998, Dr. Marcelo Bendhack retorna para o Brasil. Em 1999 tivemos o primeiro paciente brasileiro a tratar sua afecção câncer da próstata com o HIFU. Ele se encontra bem e sem recidiva bioquímica (15 anos de acompanhamento). Seu tratamento foi realizado na Europa.
Devido a este paciente e à publicação de novos estudos científicos, se passou a considerar o HIFU como tratamento para o câncer localizado da próstata.
A seguir tivemos um paciente tratado em 2007, no México, e outro, na Argentina, em 2008. Ambos estão sem recidiva da doença.
Após recebermos o equipamento Sonablate®500 em dezembro de 2010, realizamos o primeiro tratamento HIFU do Brasil em 19.01.2011, no Hospital Nossa Senhora das Graças, em Curitiba.
Atualmente (maio de 2014) temos mais de 60 pacientes tratados e com evolução favorável.
O treinamento com ultrassonografia e com HIFU se iniciou em 1994 e 1996, respectivamente. Assim temos 18 anos de conhecimento desta tecnologia e 20 anos de experiência com ultrassonografia.
Ao todo foram, somado o período de treinamento nos países estrangeiros (Alemanha, México e Argentina), cerca de 200 pacientes tratados pessoalmente pelo Dr. Marcelo Bendhack.
O último evento de que participou Dr. Marcelo, específico sobre HIFU e ressonância magnética multiparamétrica, foi nos dias 10 e 11 de abril de 2014, no Colégio Real de Cirurgiões, sob a coordenação do Prof. Dr. Mark Emberton, em Londres. Os comprovantes estão apresentados (abaixo). Últimos Cursos em Hifu
Pacientes que já passaram pelo tratamento HIFU

Diferente das técnicas tradicionais (radioterapia e cirurgia), que não podem ser repetidas, todo paciente tratado com o Sonablate® HIFU pode realizar o procedimento ...

saiba mais
Para um paciente que deseja realizar o tratamento focal

Quando a intenção é tratar apenas a parte doente da próstata o Sonablate® HIFU é o tratamento mais indicado.

saiba mais